Claras em Castelo / Soft peaks

View previous topic View next topic Go down

Claras em Castelo / Soft peaks

Post by Kangas on Thu Aug 01, 2013 10:05 am

English/Inglês
Soft peaks (egg whites)

Portuguese/Português
Claras em castelo


Explanation/Explicação

One of the most difficult areas of translation is culinary. There are some ingredients that are very common in a certain country, but totally unknown in other countries. Fortunately these days we have access to food from several areas of the globe and these ingredients are becoming more widespread. But we can still find some products that are unknown in some countries and that will be difficult to translate.

Most importantly is that when you are translating a recipe, you have to make sure you give the right ingredients to those who are going to use it. But if you have an ingredient that doesn’t exist in your target language, you have a problem and you have to find the best way to explain what that ingredient is and if possible, give an alternative ingredient that can be used as a replacement.

In this case the ingredient is well known worldwide. But its translation may cause a few issues. Egg whites are used in a wide range of dishes, from desserts to savoury dishes and they can be prepared using different methods that will lead to different results.

One of its most common uses is in cakes and sweets. Usually they are beaten to a certain consistency and incorporated in a batter or dough. One of those consistencies is “soft peaks”.  This is a technique where egg whites are beaten until they stick to the side of the bowl and have a stiff and glossy consistency. Chefs usually joke about it saying you know when your egg whites are ready if you turn the bowl over your head without dropping the mix. In Portuguese you call this “claras em castelo” (egg whites’ castle”), they use the word castle because of the consistency of the mix and because of its look. However, translating this literally will lead to a problem. The same as if you translated “soft peaks” (“picos moles”) literally, the Portuguese wouldn’t understand what you mean. It’s very important to understand these differences and consider each country’s culture before trying to translate a word or expression.

For those who want to know more about beating egg whites and the consistencies you can get, I suggest the blog Bakingsheet . This Blog has all the information with pictures for you. The author of this blog also refers to “stiff peaks”, she believes that when you have this expression on a recipe you should consider it the same thing as she says that it is easy to overbeat your egg whites and they will lose their glossiness.

------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma das áreas mais dificeis da tradução é a culinária. Existem ingredientes que são bastante comuns num determinado país, mas que são completamente desconhecidos noutros. Felizmente hoje em dia temos acesso à cozinha de várias áreas do globo e esses ingredientes vão-se tornando mais correntes. Contudo, existem ainda alguns produtos que são desconhecidos em alguns países e que se tornam dificeis de traduzir.

O mais importante quando se traduz uma receita é ter a certeza que se dá os ingredientes certos a quem a irá utilizar. Mas se temos um ingrediente que não existe na língua de chegada, temos um problema e temos que encontrar a melhor forma de explicar o que é esse determinado ingrediente e, se possível,  dar um ingrediente alternativo que possa ser usado em sua substituição.

Neste caso particular, falamos de um ingrediente conhecido mundialmente. Mas a sua tradução pode causar alguns problemas. As claras são utilizadas numa enorme variedade de pratos, desde doces a salgados e são preparadas utilizando vários métodos que irão levar a resultados diferentes.

Uma das utilizações mais comuns das claras é em bolos e sobremesas. Normalmente estas são batidas até terem uma determinada consistência e posteriormente incorporadas numa mistura ou massa. As “claras em castelo” são uma dessas consistências. Este é um método em que as claras são batidas até aderirem aos lados da tijela e adquirirem uma consistência firme e lustrosa. Normalmente os Chefes gozam com a situação dizendo que para sabermos que as claras estão no ponto certo, basta virar a tijela por cima da cabeça e se estas não nos cairem é porque estão no ponto certo.  Em português diz-se “claras em castelo”, utiliza-se a palavra castelo devido à sua aparência e consistência. Contudo, traduzir esta expressão literalmente irá trazer alguns problemas. Da mesma forma que se traduzirmos literalmente “soft peaks”(“picos moles”), os portugueses não entenderão o que queremos dizer. É muito importante entender estas diferenças e ter em consideração a cultura do país antes de se tentar traduzir uma palavra ou expressão.  

Caso queira saber mais sobre técnicas utilizadas para bater claras e os diferentes pontos que pode obter, sugiro o blogue Bakingsheet . Este blogue tem toda a informação e fotografias. A autora deste blogue refere também “stiff peaks”, segundo ela quando temos esta expressão devemos considerar a mesma coisa, pois na opinião dela é muito fácil bater as clara excessivamente e estas perderão o seu lustro.


Kangas

Source/Fonte: Bakingsheet

Kangas

Posts : 244
Join date : 2008-10-23
Age : 39
Location : Sydney - Australia

View user profile http://www.updatedwords.com

Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top

- Similar topics

 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum